Problemas para interpretar textos

A preparação para interpretar textos começa já na infância

A preparação para interpretar textos começa já na infância

A leitora Rosângela tem um filho na terceira série que não consegue interpretar um texto e pede ajuda com textos para interpretar e respostas. Aqui mesmo no blog já publiquei o link de um excelente livro desse tipo, entretanto não seria o indicado para ele, já que se destina a adolescentes e adultos.

No caso de crianças tudo fica mais fácil porque há tempo e não se aprende a interpretar textos da noite para o dia. Que me perdoem os leitores que deixam comentários do tipo: “preciso de ajuda para aprender a interpretar textos porque tenho uma prova na semana que vem”, mas estão me procurando muito tarde, não há como aprender a interpretar textos em uma semana, o aprendizado é um longo processo e precisamos de tempo para nos acostumarmos a ele.

Pesquisas recentes comprovaram que mais da metade da população brasileira (o que é gente pra caramba) não consegue interpretar um texto. Ótimo, você poderá pensar, então não sou o único. Mas a pessoa que não sabe interpretar um texto não entende uma bula de remédio (nem mesmo as indicações e dosagem), precisa de ajuda para decifrar um manual de um eletrodoméstico, não consegue ler um mapa e pode ter problemas até com uma simples receita de bolo. Por mais absurdo que possa parecer, pessoas com problemas desse tipo são permanentemente dependentes da ajuda de outros para fazerem o que querem ou precisam, estão sempre pedindo informações e passando por situações vexatórias quando fazem perguntas de respostas óbvias – para quem sabe ler.

Quem não sabe ler tem tecnicamente um nome bem chato – analfabeto funcional. E quem é que quer ser taxado de analfabeto? Interpretar textos é uma necessidade não só para passar em um concurso, mas se você não consegue entender o que lê, como vai decifrar os memorandos do seu chefe ou os recados da sua secretária?

Mas voltando ao problema na infância, em primeiro lugar é necessário fazer uma avaliação com um profissional para eliminar-se problemas como dislexia, problemas de atenção e memória, disritmias e outros, que podem atingir a criança em níveis tão baixos que passam despercebidos. Crianças que têm muitos problemas na escola devem passar por um neurologista, um oftalmologista (sem enxergar direito ninguém é capaz de entender bem o que está escrito).

Também deve ser analisado o fator emocional, uma vez que ele é um fator que influencia diretamente o aprendizado, crianças com problemas emocionais não conseguem aprender, têm problemas de memória e de comportamento. Eliminando-se causas emocionais e clínicas, deve-se instalar na criança o hábito da leitura, que não acontece do dia para a noite mas deve ser cultivado como o de escovar os dentes ou dizer obrigado quando alguém lhe faz um favor.

Devemos sempre insistir, começando com livros de histórias (pode-se começar com livros com bastante figuras e poucas frases), no princípio leia com a criança e diga por exemplo: o que ele disse para a princesa? E o que você responderia? Será que ela gostou? Você gostaria?

Vá conversando com a criança sobre a leitura e induzindo-a a pensar sobre o que está lendo, analisar o sentido do que lê. Quando terminar o livro (que pode ser lido um pouco a cada dia, 15 minutos antes de dormir é o suficiente no início), sempre perguntando à criança “onde foi que paramos ontem?” para que ela force a memória para lembrar o que viu no dia anterior.

Quando o livro terminar, pergunte à criança de que parte ela mais gostou, se for um livro de bruxas, pergunte se sentiu medo, se ficou com dó do Fulano quando aconteceu algo ruim com ele. Ajude a criança a interpretar e interiorizar sua leitura, ao mesmo tempo em que aprende a exteriorizar sua visão a respeito do que leu.

Quem tem filhos com dois ou três anos já pode começar a fazer isso, e pode ter certeza de que se esse hábito for cultivado desde cedo, em breve seu filho já estará lendo sozinho, contando as histórias que leu (sempre ouça com atenção, faça perguntas e comente) e logo estará devorando dezenas de livros por ano.

assinatura

Leia também: Interpretação de textos passo a passo

About these ads

37 Comentários

  1. educarbrasil

    Induzir a criança a pensar sobre o que está lendo, creio que esta é mesmo a melhor maneira de ajudá-la a interpretar textos. Penso que outro ponto importante é reduzir ao mínimo a tempo em frente à tv. E quando ela assistir filmes para sua idade, também fazer os mesmos comentários quanto à leitura, assim ela fará uma ‘leitura e interpretação’ do filme. Quando sair às ruas, pedir que ela leia as placas e interprete o que querem dizer.

  2. Bem interessante mesmo,sempre é bom mesmo começar ler muito,com o tempo a interpretação também vai melhorando.

    Parabéns pelo texto.

    • Olá Jonatan:
      É verdade, ler aumenta o vocabulário e a cultura, ajuda e escrever melhor e interpretar textos.
      Um abraço
      Zailda Coirano

  3. RULIO IGLESSIA

    Gostei muito de seu texto, Zailda Coirano, e concordo realmente que interpretação não se aprende do dia para a noite. Vou contar-te minha história:
    Atualmente, sou acadêmico de administração, mas para que eu pudesse chegar a esse estágio de ensino tive muitos desafios, e o maior deles foi aprender como interpretar. Tive um ensino no estado do Piaui com o objetivo somente de ensinar os alunos a ler- e ler mal, aliás- nao culpo os professores, mas o sistema educacional adotado em minha cidade. Percebendo minha dificuldade, pensei que dificilmente iria conseguir ser aprovado em um vestibular, pois eu não sabia interpretar e muito menos escrever uma redação. Então, decidir pesquisar a fim de aprender a escrever e interpretar.
    Adotei uma forma de estudar baseada em usar a minha realidade para vencer as dificuldades: comecei a escrever pequenos textos sobre a realidade que eu vivia- em alguns eu usava como assunto a propria dificuldade de escrever que eu tinha- e tentava interpretar as falas-conversas- de meus familiares, amigos, professores,etc.

    CONSIDER0 QUE HOJE SEI INTERPRETAR UM POUCO, NO ENTANTO, O ATRASO DA MINHA INFÂNCIA PREJUDICOU-ME MUITO, AFINAL SE MEUS PAIS- ELES SÃO ANAFALBETOS- TIVESSEM INSENTIVADO A INTERPRETAR EU TERIA MENOS DIFICULDADE HOJE.
    CONSEGUIR UMA NOTA REGULAR NO ENEM- EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO- QUE ME POSSIBILITOU UMA VAGA NA FACULDADE ATRAVÉS DO PROUNI- PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- POR ISSO ACHO QUE SUPEREI RAZOAVELMENTE AS MINHAS DIFICULDADES.
    PARABÉNS PELO SEU ÓTIMO TRABALHO E ESPERO QUE MEU DEPOIMENTO LHE AJUDE.

    • Olá Rulio
      Claro que o depoimento ajuda, não só a mim como a milhares de pessoas que têm o mesmo problema que você tinha, acho que sua história é um incentivo para aqueles que hoje consideram interpretar um texto uma tarefa impossível. É sempre bom lembrar: a mais longa jornada começa com o primeiro passo.
      Parabéns!
      Zailda Coirano

  4. Gostaria muito de receber textos. Por que tenho dificuldade de interpretar,pois tenho muita vantade de conseguir essa prática. Agradeço.

    • Olá
      Eu não envio textos para interpretar, apenas publico dicas sobre como melhorar a interpretação.
      Zailda Coirano

  5. Antonio Elpidio

    Oi Zailda tudo bem,

    Meu nome é Antonio, trabalho a muitos anos na prefeitura de minha cidade, tenho uma boa escrita, meu portugues posso classificar como bom, lei muito bem, mas infelizmente tenho dificuldade de interpretar, entender o que está escrito, o que devo fazer para melhorar ou há textos que podem me ajudar, já que penso em fazer um Curso de Direito ano que vem, agradeço imensamente sua atenção.

    Abraços,

    Antonio.

    • Olá
      Há vários artigos no blog que dão dicas sobre como melhorar a interpretação. Ainda este mês irei organizar o blog de forma que fique mais fácil encontrar o que procura.
      Um abraço
      Zailda Coirano

  6. Antonio Elpidio

    Oi Zailda,

    Gostaria também que voce me indicasse alguns livros que possam melhorar na interpretação, sei que a maioria são bons, mas acredito que tem alguns que se sobressaem. Por exemplo: O que acha do livro “O Monge e o Executivo”.
    Grande abraço,

    Antonio

  7. Olá Zailda, sobre interpretar um texto discordo quando vc diz que alguém q não sabe interpretar um texto não é capaz de entender uma simples receita culinária ou uma bula de um medicamento. Eu por exemplo não tenho problema algum em relação a alguns tipos de textos, em compensação uma obra literária para mim é um desafio e tanto.
    Acredito que na infância desenvolvemos melhor o conhecimento, porém creio que em qualquer idade é possível aprender o que quer que seja. É o que tenho feito – lendo muitooo para conseguir interpretar não somente textos literários mas outros tipos de linguagem.

    Um abraço,

    Glorinha Castro

    • Olá Glória:
      Existe uma classe de pessoas – que técnicamente chamamos de “analfabetos funcionais” – que não consegue interpretar nenhum texto. Leem as palavras mas não conseguem entender seu sentido. Minha sogra é assim. É alfabetizada e inclusive terminou colegial, fez curso técnico e etc. Mas é incapaz de entender um manual de instruções, precisa de ajuda de alguém para “traduzir” de que se trata. Apesar de ser exímia cozinheira, erra ao interpretar as receitas e mais de uma vez cometeu absurdos que depois viraram até piada de família.
      Naturalmente existem vários graus de dificuldades e o caso que citei foi de um grau extremo do problema. Temos também outros alunos que entendem parcialmente o que leram, ou que não se ligam nos detalhes (que são parte importante) ou que depois de ler um parágrafo esquecem, então não conseguem entender o conteúdo. Ainda outros que não conseguem se concentrar, têm que ler o mesmo parágrafo várias vezes para entender.
      Há diversos problemas mas a prática (leitura frequente) é que vai resolver a maioria deles.
      Um abraço
      Zailda Coirano

  8. Gostei ‘Bastante parabens ” =]

  9. Joyce

    Olá Zailda

    O meu caso é um pouco diferente, gosto muito de ler e não tenho problemas para interpretar textos. Quando faço provas acho que a parte de interpretação é “dada”. Hoje em dia tenho 3 filhos e sempre incentivei meus filhos a ler, mas percebo que eles interpretam textos e livros fáceis, mas nas provas da escola, 5ª e 8ª série, eles estão com muita dificuldade. Entendo que embora eles leiam e entendam os livros que lêem, tem dificuldade nos textos mais elaborados. Agora estou procutando uma forma de ajudá-los, pois tenho plena conciência que essa dificuldade vai impedi-los de ir muito longe. Aguardo dicas. E parabéns, adorei o blog.

    • Olá
      Acompanhe as postagens do blog, nos meses de junho e julho publicarei várias dicas que podem ajudar.
      Zailda Coirano

  10. claudio

    Vou contar-te minha história:
    Atualmente, terminei o segundo grau de ensino tive muitos desafios, e o maior deles foi aprender como interpretar e Percebendo minha dificuldade, pensei que dificilmente iria conseguir ser aprovado em um vestibular, pois eu não sabia interpretar e muito menos escrever uma redação. Estou a fim de aprender a escrever e interpretar.
    Pois tenho dificuldade de escrever e de ouvir, o que você pode me sugerir pra dar o meu primeiro passo. o atraso de minha infância me prejudicou muito, meus pais trabalha no batalha de engenharia construindo estradas, agente se mudava muito de cidade, passava treis meses numa cidade seis meses em outro era assim minha vida de estudante. preciso de sua ajuda.

    • Olá Claudio:
      Para interpretar e escrever bem, você precisa ler muito, mas não por obrigação, leia tentando imaginar o que está sendo descrito. É como se você assistisse uma novela de olhos fechados, tentando imaginar o que está acontecendo na telinha.
      Não dá para aprender do dia para a noite e não existe uma fórmula mágica, mas existem bons livros também para ensinar como escrever e como interpretar textos.
      Um abraço
      Zailda Coirano

  11. Olá Zailda,

    No início desse texto você escreveu que indicou um ótimo livro de textos e respostas para adolescentes e adultos, por favor qual o nome do livro, pois minha filha tem 11 anos, está no 6º ano e as dificuldades com interpretação acentuaram-se, esse tipo de livro pode ajudá-la ? Quero melhorar o nível dela para que o sofrimento termine nos próximos anos.

    Grata pela atenção.

  12. foram o tempo mas precioso que mim , encotrei net ler o s texto o qual estão : perguntas , e resposta .
    grato adauto

  13. ola tenho uma prova no dia 11 estou com muita dificuldades em interpetar um texto dissertativo

  14. Realmente. Quem le muito consegue interpretar textos mais facil!

  15. Olá! Me chamo Anderson e não quis passar “aqui-em-branco”. Detesto ver outros falando do mesmo tipo de problema que eu tenho, sem que eu divida com todos os meus “diferenciais”. Tenho um vasto problema com a leitura. Somos rivais. Tento encararar um belo livro, por mais “pequeno” que for. Não consigo ir em frente. PErcebo que uma notícia em imagens lhe faz compreender, tais como “simulação”, melhor do que um texto. Livros infantis têm isto, revistas, jornais, histórias em quadrinhos (gibis) etc… Mas vamos para a parte de “história” lááaaa no colégio.
    Meu problema começou desde quando eu tive meu primeiro “diagnóstico” escolar: TENHO PROBLEMAS COM INTERPRETAÇÃO DE TEXTO. (5a série)
    Até hoje, já formado, eu não consegui “matar” esta “doença” que “maltrata” meus pensamentos, na hora em que leio. Tive até que pedir para meu pai ler e me ajudar a compreender textos de História, coisas de primeiro ano, segundo grau. Mas vem algo que me confunde. Um professor explica de um modo, outra professora explica diferente, a mesma matéria. ISto confunde duplamente. Já com problemas de interpretação tem isso.
    Mas olha. Eu sou bem “DETALHISTA”. Eu consigo interpretar jogos, vídeos de ação, antes pensando o que irá acontecer. Através da história do jogo eu sei o que fazer, com alguma mera pista, “pouco visível”. Aqueles adoráveis jogos de RPG. Não sei se isso é interpretar, mas eu sei o que devo fazer sem ao menos entender a linguagem que utilizam (tal como Japonês e inglês).
    ACHEI UMA “POSSÍVEL” SOLUÇÃO: Ler as coisas em inglês, e usar um dicionário para que, quando for traduzindo, entender o que significa aquela frase. (Eu prefiro mil vezes ler um artigo em inglês do que um artigo em português).
    PENSO também que, quem ler, perde tempo na vida, tal como deixar de produzir. Você aprende na prática, não na teórica. Se não fosse assim, como seriam as “primeiras ferramentas” do homem? Eles não sabiam ler, mas aprenderam praticando. E olha, eles desenhavam. Assim como digo: a imagem vale mais que mil palavras. Acontece que se não haver nenhuma figura, você não sabe do que se trata. A imagem deve ser algo que nos dê idéia do que está acontecendo. (ESTOU ESCREVENDO MUITO? ME DESCULPEM… ESTÁ FICANDO CHATO PORQUE NÃO ESTOU USANDO IMAGENS hehe).
    Eu sei que todos sabem disto. Mas só estou realçando.
    Bom… Achei uma solução. Mas não queria perder tempo com isto, já que estou escrevendo meu primeiro LIVRO!
    COMO ASSIM? Bom… Nunca li um livro, mas estou criando um. Se eu não entendo o que não me adapto, então eu faço o que mais me adapto. Escrever é o meu forte. Mas se eu ler algo, eu tiro idéias alheias. Não quero isto. Além deste livro, chamado “A ESPERANÇA E O AMOR”, criei mais alguns roteiros para outros livros. Sem cópia de nada. Mais puro que “água refiltrada”. Só o que me dá “Ênfase” para construir é o que mais adoro fazer: “assistir animes e outros desenhos/filmes”. 1% deste livro eu tirei de uma história de anime. E 99% eu garanto, que se alguém dizer que já viu isto, é porque eu nunca vi ou li aonde esta pessoa viu e leu.
    Só para finalizar: Uma historia “amor coreano”. Assista no Youtube. Eu assisti o vídeo inteiro e o cara, de óculos escuro, com um cão ao seu lado, sentado ao autódromo onde corria de moto. Logo, notei: Ele doou seus 2 olhos para a pessoa que mais amava. Que havia sofrido um acidente com algum produto de fazer fotos, já que ele era fotógrafo também e, ela era cabelereira. Por imagens você capta melhor. E escrever você escreve suas próprias idéias, até fugindo da realidade. =]…
    Se alguém quiser saber sobre meu livro: andersonwoits1990@hotmail.com

  16. Aí… Me desculpem mais uma vez… Não dê atenção ao meu “aprenda na prática, não na teórica”… ISso somente o que vêm na minha cabeça em certos momentos =/
    e outra coisa: “Por que ler algo pronto, se eu tenho capacidade de criar?”

  17. Amiga zailda gostari de receber dicas de texto de portugues;pois trabalho com alunos do 6 ano ,e estao precisando de muito leitura.

  18. BOM DIA, GOSTARIA DE SABER QUAL É O LIVRO , QUE VOCE INDICARIA PARA INTERPRETAR TEXTOS. COMO HAVIA MENCIONADO PARA LEITORA ROSANGELA.
    OBRIGADO.EMERSOM

  19. vanderlei.S.

    Olá Zilda.
    Lendo todos os comentarios eu me vejo iqual a algumas dessas pessoas,pois eu guando pequeno tive dificuldade em relação aos estudos e não tive ninguem para me ensentivar a gostar de ler, e uns dos maiores problemas carrego até hoje que é a dificuldade de interpretação de textos e concortâcia na escrita, mesmo assim posso me considerar uma pessoa de sorte na vida proficional.
    Mas logo vou precisar prestar alguns cursos e preciso saber como resolver este meu problema.

    • Olá
      Acompanhe as postagens do blog, durante as férias vou postar alguns artigos que devem ajudar.
      Zailda Coirano

  20. Wellington.P.R

    eu rodei na 1 trimestre da 6 série colégio estadual de ensino médio Padre Benjamin Copetti de Sobradinho(RS) em portugues , com a max:30 e min:18 TENHO 12 ANOS . com mais d1100 estudantes tenho poucas pessoas para me ajudar na familia então vim procura ajuda na internet.
    tirei 12 e a maioria da turma dis q tem dificuldades de aprender com a professora.
    Justo eu ter rodado de trimestre em português minha familia me cortou orkut msn jogos e tv só estudar .
    Preciso de ajuda pra interpreta melhor.

  21. Wellington.P.R

    nos colégios do Rio Grande do Sul é muito valorizado toda essa interpretação e eu passei bem da 5 série só não entendo como agora estão tendo problemas no ano passado a professora era a mesma só q ela pedia pra agente fazer em casa uma história por semana será q é isso.explo da postagem anterior eu falei q a tyurma tem dificuldades de aprender com ela por causa do portugues minha turma teve problema em inglês os q não faziam cursinho não sabiam verbos em inglês muito menos em português deu um problema lá no colégio em questão da minha turma não estar aprendendo isso e tambem por causa da conversa.

    A CONVERSA ATRAPALHA NO APRENDISADO NO COLÉGIO?POR QUE

  22. Wellington.P.R

    “ELA PEDIA PARA AGENTE ESCREVER UMA HITÓRIA POR SEMANA SEŔA Q É ISSO

  23. Edna Edite

    Olá. Tenho dois filhos um menino de 8 e uma menina de 6 anos. Estou tendo muita dificuldade, com o meu filho pois ele não consegue interpretar e tão pouco elaborar um texto. Resumir é bicho de sete cabeça. Compro gibi, leio 4 vezes por semana a noite para eles, pois trabalho a noite final de semana e dia de quinta vou para faculdade. Mas mesmo com toda a minha dedicação não estou conseguindo ajudá-lo. Ele já passou, na psicologa e fonodiologa da escola e nada foi diagnosticado, já levei ele no oculista, e NADA. Estou desisperada pois vejo que ele fica muito nervoso por não conseguir. Até ele já percebeu que tem algo diferente.
    Deixar eu contar a dificuldade dele:
    Ele ler todo o texto. Se perguntou algo. ele não consegue fala o que entedeu.Porem ele me fala todo o texto. Como se tivesse lendo.
    Quando peço para resumir. Ou ele fala, começo, meio e fim (com as palavras do texto como se tivesse lendo) ou resumi tudo em menos de uma linha ex: o menino morava na rua depois achou uma casa para morar.
    E essa dificuladade estar o prejudicando em todas as matérias. Pois a matemática que antes ele era excelente estar baixando o rendimento,pois agora estar vindo texto para ele interpretar e montar o problema.
    – Por favor! mim ajude estou desisperada!
    Marquei com uma professora particular, porque estou com medo, que por causa da minha exigencia, termine prejudicando. (E sei que não posso manter a professora por muito tempo vou fazer uns extra e adiantar o 13ª, para poder mantê-la pelo menos por uns três meses). Gostaria de dicas para poder ajuda-la.
    Ah! Já a minha filha é adiantada em tudo uma excelente aluna. e já consegue até interpretar as historinha dela.
    Obs: Não falo pra os avanço da irmã, porque tenho receio de ele desenvolver um broquei de comparação
    – Mim ajude. Gostaria de dicas, indicação de livro. Ele estar no 3º ano.

  24. Maria

    Oi Zailda Coirano, eu tenho 13 anos e ano que vem vou fazer um concurso para passar em uma escola. Preciso muito passar nesse exame e deste já quero começar a estudar para esse concurso, o problema é que eu não sei fazer interpretar texto, sou um pouco ruim para fazer isso, preciso de sua ajuda!!
    Muito Obrigada.

  25. lena

    oi Zailda coirano, eu não sei interpretar texto, eu gostaria muito de aprender,eu tenho 10 anos que parei de estudar e agora voltei e estou fazendo faculdade e exiger muito interpretação de texto.

  26. lena

    me ajudar, por favor.

  27. celia

    ola, zailda corano
    meu nome é célia ,li alguns algumas dicas suas,muito proveitosas.
    quando criança;passei ,por muitos problemas de ordem emocional,por conta destes ,encontro dificuldade,com interpretação de texto ,porem eu lei
    bastante
    ja não sou mais criança ,sera que aida ha tempo
    para aprender interpretação.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 58 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: