Os limites do ser humano

Cada pessoa nasce com determinados talentos, coisas que ela poderá desenvolver futuramente com mais facilidade que os outros mortais da face da Terra, mas isso não significa que deverá ater-se a eles. O ser humano tem uma capacidade ilimitada de aprender sobre qualquer coisa que queira. E se digo ilimitada é porque assim acredito.

Os limites nada mais são do que barreiras psicológicas e emocionais que nós mesmos nos impusemos ou que permitimos que outras pessoas incutissem em nossa cabeça. Depois de estabelecido esse limite, além do qual não nos permitiremos ir, ele torna-se intransponível.

Por isso defendo a teoria de que o ser humano tem, sim, muitas limitações. Podem ser limitações físicas, intelectuais, emocionais ou pura frescura, o fato é que limitações existem e temos que aprender a conhecer as nossas para lidar com elas e tirar partido das mesmas, se for o caso.

Há casos de pessoas que perdem os braços e aprendem a pintar com os pés, com muito mais talento do que eu própria conseguiria com ambas as mãos, ou mesmo que tivesse dúzias delas. Mas eu nunca me propus a pintar. Se me propusesse com certeza o faria bem, assim como qualquer pessoa que queira aventurar-se entre telas e pincéis.

Sempre digo a meus alunos que acham que não conseguirão aprender um idioma novo, que qualquer idiota americano consegue, por quê ele então não conseguiria? Basta ter cordas vocais e empenhar-se para vencer as dificuldades que com certeza virão.

Não desistir é a primeira chave para abrir muitas portas e munir-se de técnicas para chegar-se onde se quer certamente é a segunda. Temos que aprender desde cedo a conseguir um resultado cada vez melhor com cada vez menos esforço. É o que se chama de “preguiça inteligente”.

Podemos fazer ou aprender aquilo que quisermos desde que não desanimemos ante as primeiras dificuldades e não nos imponhamos limites. Seu limite está onde você mesmo o colocar. Se você quer, certamente você pode. Basta tentar e continuar tentando.

Leia também:
Se você gosta de filmes

(por Zailda Mendes)

5 Comentários

  1. kleber alves rosa

    muito interessante essa materia sobre os limites do ser humano.adorei.

    • Olá Kleber!
      A gente tem que se esforçar para conseguir o que quer, porque ninguém vai nos dar de mão beijada, certo?

  2. André (Systema)

    se fazer o que sempre fez vai obter o que sempre obteve!!!
    concordo acho que o maior limites é nós mesmos que os impõe…

  3. vilton

    olha só. gostei muito do texto. espero que não se importe de usar um trecho em uma comunidade que criei no orkut sobre esportes de superaçao.

    http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpp&cmm=94126010

    • Olá Vilton:
      Pode usar sim, vou visitar sua comunidade.
      Um abraço
      Zailda Coirano

%d blogueiros gostam disto: