Fim da aprovação automática na rede de ensino público no Rio

O prefeito Eduardo Paes cumpriu a promessa de campanha de acabar com a aprovação automática na rede municipal de ensino como seu primeiro ato de governo. O decreto 28.878, de 17/12/2007, foi revogado nesta quinta-feira conforme o Diário Oficial do Município. Caberá à Secretaria Municipal de Educação a elaboração do novo sistema de educação pública, que deverá ser enviado ao prefeito no prazo máximo de 15 dias.

Segundo a publicação, o sistema de aprovação automática foi considerado inadequado por ser importante a existência de um sistema de avaliação do rendimento escolar dos alunos. A medida é apontada como essencial para o resgate da qualidade do ensino público do município.

Só tenho a aplaudir a medida, e espero que seja imitada por todos os outros prefeitos. Desde a ‘progressão continuada’ os alunos vêem apresentado um nível cada ano mais baixo.

3 Comentários

  1. cristina

    fiquei muito feliz com que aconteceu no rio de janeiro e como mae de adolecente e estudante gostaria muito que o exemplo fosse seguido em sao paulo pois eu nao consigo ver o que de bom trouxe para nossos filhos o que percebo e um desenteresse total das crianças ,terminam muitas vezes o ensino medio sem o basico para concorrer com alunos de escolas particulares em uma faculdade

    • Olá, Cristina!
      Creio que acabando com a aprovação automática os alunos voltarão a estudar, o que já é um primeiro passo.
      Um abraço.

  2. sereriver

    sistema de ciclos é ótimo, tanto q é utilizado pelos países em melhor colocação mundial na educação. porém pra funcionar precisa de todo um apoio principalmente dos pais coisa q aki naum tem, os pais só querem saber de por o filho na escola e esperaum q a escola sozinha cuidem da educação dos filhos enquanto q a principal educaçao vem de casa.
    ex. quem nunca viu a mãe ensinado o filho a mijar na rua????
    qual pai estuda junto com o filho??
    e por ai vai.

%d blogueiros gostam disto: