Coma menos para ajudar sua memória

Segundo estudo alemão recente, pessoas que reduzem a ingestão calórica para cerca de 30% têm rendimento melhor em testes depois de 3 meses. Estudos feitos em animais mostram que dietas de baixa caloria e ricas em ácidos graxo insaturados (encontrados no azeite de oliva e peixe) são benéficos para as funções cerebrais, ajudando a melhorar a memória em ratos de idade avançada.

Está sendo estudada a relação na diminuição da ingestão de calorias com a melhora das funções cerebrais em pessoas de idade avançada e ativação da memória em pessoas de todas as idades.

1 comentário

  1. marcilia

    Interessante, zailda, bom saber… Acredito que o benefício da abstenção seja total; em todos os sentidos.
    Abraço!

%d blogueiros gostam disto: