Falhas na redação: repetição

escreverNa hora de escrever uma redação até os “feras” tremem e não é para menos: criar é um ato de coragem. Criar em cima de uma ideia é relativamente fácil, mas criar por obrigação, de improviso, em cima de um tema sugerido, todos sabemos que é uma missão (para muitos) quase impossível.

Para que sua redação obtenha uma nota razoável é necessário fugir de erros comuns e um deles é a repetição. Repetir ideias, argumentação ou palavras pode tornar sua redação confusa e tediosa, algo que não dará prazer ao leitor.

Se você vai escrever sobre problemas mas na hora de escrever tem um problema para organizar suas ideias, isso se tornará um problema sério porque a cada vez que a palavra problema se repetir irá confundir seu leitor, que terá problemas para entender, então vamos ver como resolver esse problema comum.

Se você escreveu algo assim, espero que tenha sido a lápis. Devemos sempre começar com um rascunho a lápis para depois escrever a versão definitiva. Depois que escrever tudo, leia de novo como se fosse a primeira vez e seja crítico. Substitua as palavras repetidas muitas vezes por sinônimos, pronomes, ou simplesmente omita-as. Vejamos o parágrafo anterior:

Se você vai escrever sobre problemas mas na hora de escrever tem que se esforçar para organizar suas ideias, isso se tornará uma falha séria porque a cada vez que a palavra mencionada se repetir irá confundir seu leitor, que terá dificuldade para entender, então vamos ver como resolver esse erro comum.

Daí a vantagem de ler bastante para adquirir vocabulário. Ao reler sua redação, substitua a palavra que foi escrita várias vezes por outra de igual sentido (sinônimo) ou use recursos para referir-se a ela (mencionada acima, assunto em pauta, etc.) ou omita-a quando possível.

Ao omitir uma palavra, leia novamente para saber se ficou claro a que está se referindo, ou você cairá no outro erro comum em redações: ambiguidade.

Leia também:

Falhas na redação: ambiguidade

Redação – carta

Apostilas de português 

assinatura verde (2)

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: