Aprenda sem pressa

Recebo muitas mensagens todos os dias de pessoas que dizem precisar desesperadamente de ajuda. Infelizmente é tudo para ontem. Ou elas foram deixando para a última hora e quando já não havia mais tempo correram para a internet em busca de salvação, ou já começaram correndo atrás do prejuízo.

Não importa qual dos dos motivos fez com que me procurassem, estão batendo os braços no mar bravio, e acabarão se afogando mais dia, menos dia, e se eu ajudar ou não fará pouca diferença.

Por que a pressa?

Aqueles que deixam tudo para a última hora estão tentando se enganar. Eles dizem que querem aprender, mas não têm coragem para tomar as providências necessárias para que o aprendizado aconteça.

O ato de aprender é mais ou menos como a jardinagem: semeamos, afofamos a terra, cada dia cuidamos e regamos um pouquinho e em meses ou anos teremos uma bela planta. Se descuidarmos de nossa planta, deixando de cuidar dela por semanas e só nos apercebermos de nosso descuido quando já estiver estorricando ao sol, não importa quantos baldes de água joguemos ou quantos sacos de fertilizante despejemos sobre a pobre, ela irá morrer ainda mais depressa.

Estudar é um ato de vontade, persistência e paciência, e o aprendizado só vem como “prêmio” se conseguirmos exercer tudo isso na medida certa e no momento necessário.

Quem quer aprender tudo de uma vez também espera um milagre, porque nossa “planta” tem que obedecer seu ritmo e ser observada constantemente para ver se não estamos pecando por falta ou por excesso.

Aprender também tem ritmo

Todos temos um limite aceitável, e se tentarmos burlar nossa própria natureza, tentando aprender em 10 dias o que só seria possível em 10 meses, pagaremos caro por isso. Não haverá tempo suficiente para que o cérebro processe e crie links, que serão usados para “ligar” conteúdo antigo a conteúdo novo; não haverá tempo para a prática, que fará com que o que aprendemos não seja esquecido no dia seguinte.

Você até pode ser dono de um cérebro privilegiado que lhe permita decorar páginas e páginas, mas decorar não é aprender. Tudo o que a gente decora e não usa mais acaba sendo esquecido, e o que custou tanto para ser conquistado irá por água abaixo em poucos dias, semanas ou meses.

Respeite seu ritmo, estabeleça uma rotina, estude um pouco por dia, faça tudo antes do prazo. Assim sua planta irá crescer viçosa  e não se vergará ao primeiro vento mais forte.

Zailda Coirano – SOS Idiomas & Digital Goods

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: